Dicas sobre Concretagem de Vigas

A concretagem é a etapa final de um ciclo de execução da estrutura e embora seja bem rápida, é importante ter um planejamento que considere os diversos fatores que interferem na produção, para ter um melhor aproveitamento de recursos.

Dicas sobre Concretagem de Vigas para sua Obra em Teixeira Soares – PR

Dicas sobre Concretagem de Vigas para sua Obra em Teixeira Soares – PR

Dicas sobre Concretagem de Vigas para sua Obra em Teixeira Soares – PR

Dicas sobre Concretagem de Vigas e Práticas de Concretagem. A concretagem é a etapa final de um ciclo de execução da estrutura e embora seja bem rápida, é importante ter um planejamento que considere os diversos fatores que interferem na produção, para ter um melhor aproveitamento de recursos. Basicamente, as etapas da concretagem podem ser resumidas em algumas etapas simples que veremos a seguir.

Também veja o vídeo sobre:

Dicas sobre Concretagem de Vigas

Dependendo do tamanho das vigas as formas devem ser contraventadas a cada 50cm, através de gravatas, mãos-francesas etc., par evitar, no momento de vibração, a sua abertura e vazamento da pasta de cimento.

Dicas sobre Concretagem de Vigas

Figura: Reprodução

Emendas de concretagem de vigas realizada à 45°

Dicas sobre Concretagem de Vigas


Verificar a estanqueidade das fôrmas

Algumas dicas para verificar a estanqueidade das fôrmas:

  • As fôrmas devem estar limpas e molhá-las antes do início de concretar;
  • O correto é que as vigas deverão ser concretadas de uma só vez, caso não haja possibilidade, fazer as emendas à 45º;
  • Para se ter uma boa qualidade nos serviços, as emendas de concretagem devem ser feitas de acordo com a orientação do Engenheiro Calculista. Caso não se tenha um profissional específico, a emenda deve ser feita a 1/4 do apoio, porque neste ponto é onde geralmente os esforços são menores;
  • Deve-se evitar as emendas nos apoios e no centro dos vãos, pois são normalmente nestes pontos que os momentos negativos e positivos, respectivamente, são máximos.

Outro ponto importante é quando uma concretagem for interrompida por mais de três horas o correto é que a sua retomada só poderá ser  feita 72 horas após a interrupção; pois este cuidado é necessário para evitar que a vibração do concreto novo, transmitida pela armadura, prejudique o concreto em início de endurecimento. Não esquecendo de que a superfície deve ser limpa, isenta de partículas soltas, e para maior garantia de aderência do concreto novo com o velho devemos:

1º deve-se retirar com ponteiro as partícula soltas;

2º deve-se molhar bem a superfície e aplicar;

3º ou uma pasta de cimento ou um adesivo estrutural para preencher os vazios e garantir a aderência.

4º o reinicio da concretagem deve ser feito preferencialmente pelo sentido oposto.


Algumas dicas para concretagem de vigas

  • As formas devem estar limpas e de preferência lavadas e molhadas antes da concretagem de vigas;
  • O concreto deve ser lançado o mais próximo de sua posição final para evitar acúmulo de concreto em um único ponto, o que sobrecarregará o escoramento;
  • Deve-se verificar, no momento do lançamento, se não ocorrem deslocamento da ferragem abertura das formas ou problemas em outros elementos;
  • Espalhar o concreto com auxílio de pás e enxadas ou uma ferramenta adequada;
  • A armadura nunca deve ser vibrada, para que seja garantida a aderência entre o aço e o concreto. Da mesma forma, deve-se evitar vibrar as formas, para garantir sua integridade e possível reaproveitamento futuro;
  • Sarrafear o concreto entre as laterais das formas;
  • Deve-se executar o acabamento final de acordo com o que está especificado em projeto;
  • Deve-se realizar a cura úmida tão logo a superfície permita (secagem ao tato), molhando as pecas por um período mínimo de três dias consecutivos, para que a superfície das pecas permaneça sempre úmida.

Adensamento

Na atividade de adensamento, que tem como função retirar os vazios do concreto, diminuindo a porosidade e, consequentemente, aumentando a resistência do elemento estrutural. Outra função importante é a de acomodar o concreto na fôrma, para tornar as superfícies aparentes com textura lisa, plana e estética.


Mais alguns cuidados no adensamento

  • Deve-se também manter uma distância de aproximadamente 10 cm da fôrma, para não forçar excessivamente as paredes laterais;
  • O tempo de vibração depende da frequência de vibração, abatimento, forma dos agregados e densidade da armadura. É melhor vibrar por períodos curtos em pontos próximos do que por muito tempo em pontos mais distantes;
  • O excesso de vibração produz segregação, de modo que o adensamento deve ser cessado quando a superfície se tornar lisa e brilhante e quando não aparecer mais bolhas de ar na superfície.

Saiba mais…

Caso seja necessário, sinta-se à vontade para entrar em nosso site (www.engcarlos.com.br) para ficar sabendo mais sobre concretagem de vigas e muitos outros assuntos sobre Construção Civil para sua obra em Teixeira Soares – PR.


Eng Carlos

www.premonta.com.br


Também veja o Artigo sobre: “Dicas para Escolher Projeto de Casa

Dicas para Escolher Projeto de Casa em Itu – SP


Logo-Site

Summary
Dicas sobre Concretagem de Vigas
Article Name
Dicas sobre Concretagem de Vigas
Description
Dicas sobre Concretagem de Vigas e Práticas de Concretagem. A concretagem é a etapa final de um ciclo de execução da estrutura e embora seja bem rápida, é importante ter um planejamento que considere os diversos fatores que interferem na produção, para ter um melhor aproveitamento de recursos.
Author
Publisher Name
Eng Carlos
Publisher Logo

One Comment

  1. maio 30, 2017 at 8:18 am

    […] Dicas sobre Concretagem de Vigas para sua Obra em Curitiba – PR […]

Comente

Your email address will not be published.